top of page

ENTRE A DEMOCRACIA E A BARBÁRIE

O processo eleitoral de 2022 se aproxima. Partidos e candidatos se reúnem, disputam posições, fazem alianças e buscam conquistar o apoio do eleitorado. Estão faltando as propostas concretas que ainda não foram apresentadas e tem candidaturas que estão atrasadas em definição e articulação.

Faltam as propostas de governo, mas, as visões gerais ou projetos de sociedade, já estão bem delineados. Por um lado, as forças políticas no governo se empenham na prática das mais diversas escaramuças, visando a reeleição do mandatário atual no cargo de presidente da república. De outro lado, partidos e forças políticas de oposição se juntam para fazer frente ao governo, na perspectiva de evitar a sua reeleição.

O grupo no governo, defende a continuidade de uma política econômica ultra liberal, que vem promovendo no país, uma persistente taxa de desemprego, um índice de inflação muito alto, uma gritante precariedade das relações de trabalho, um total descaso com as questões ambientais do país e um descompromisso absurdo com a preservação da soberania nacional. Como consequência, a sociedade vivencia tempos de muita violência, preconceitos, fome, miséria e desesperos. E como se não bastasse, a figura do presidente propaga uma visão de sociedade gerida pela força das armas e por um modelo de governo que desdenha da democracia.

Se no período de duração de apenas um mandato, o atual governo promoveu o nível de desagregação social e precariedade econômica verificada hoje no país; com um hipotético segundo mandato, vai sentir-se autorizado a promover a ditadura, a perseguição política, a miséria absoluta dos mais pobres e a destruição da própria noção de nação soberana que tanto nos custou construir. Nosso voto em outubro de 2022 precisa ser inequívoco: votaremos pela Democracia contra a Barbárie.

35 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Conjuntura - 08/02/2023 Por Ranulfo Peloso

Análise de conjuntura não é adivinhação ou futurologia. É o esforço para ler os sinais (discursos, gestos, acontecimentos) que falam das razões, interesses e propostas que nem sempre são percebidas. A

1 Comment


Guest
May 21, 2022

Na linguagem corrente se entende opor democracia x barbárie (identificada com o atual modelo de governo). Senti falta de dizer o que é democracia e o que é barbárie. Claro que é preferível um estado democrático do que um estado fascista, ambos capitalistas. Os EUA que é considerada a maior democracia, não hesitou massacrar 100.000 iraquianos, 1.000.000 de mortos pela Covid e 42.000.000 de miseráveis, em seu próprio território, sob um governo democrático, a serviço do capital. Democracia é a forma de governo a serviço da classe burguesa.

Like
bottom of page